10 de novembro de 2017

O último corte


O último corte

navalha afiada
purga o membro
veneno que corre
em veias de fogo
ser extirpado
o único modo

febre no corte
dor na retina
grito que sobe
garganta acima

grito vermelho
jorra o sangue
junto o veneno
denso, quente
arranco o pedaço
sem desespero
espero o efeito

já sem dor
ou medo
aguardo
cicatrizes profundas
merecem cuidados


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário