Faço versos com o vento, areia do deserto; minha densidade eu mesma aguento, não sou sexo frágil; imaturidade não concebo, indiscutível é o intento, todavia, quando a maré é alta, o poema sai aos avessos, meio sem forma, mas no conteúdo, ah, ele arrasa e não deforma.

1 de agosto de 2017

Game Over


Game Over

a mulher esperou
esperou tanto
que o homem acordasse
apostasse no canto
pudesse sentir
o amor de verdade
que ela lhe dava
em cada momento
que a vida marcava

mas ele não viu
não quis
brincou
jogou
venceu
e partiu

a mulher agora
enfim, entendeu
cansada da história
abandonou o breu

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário