29 de abril de 2016

Efêmero

Efêmero

E is que surge
F agulha atrevida
E nrolada ao carvão
M esclada, vermelha
E ncontrou no ar chamego
R edefiniu o tempo
O bedeceu o enredo.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário