7 de dezembro de 2015

Vazio

Vazio

vou tirar este eco
que vibra no peito
sim, fechar o boteco
parece o único jeito

sem correr perigo
operar as vísceras
sem querer abrigo
ter ilusões inúmeras

quero pintar o vazio
até preenchê-lo todo
apostar num arrepio
se vier sem incômodo

viver para ser imagem
não me agrada em nada
sou feita de coragem
e aposto na madrugada

não preciso de pouco
quando minh'alma é muito
ando perguntando tanto
ainda sem resposta alguma

necessito de paixão
combustível que move
faço letra e canção
sou metal que comove.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário