2 de setembro de 2015

Sorriso Fácil


Quando o sol de setembro
aquece o peito
o sorriso brota fácil
as flores começam a dança
esquecidas do frio de maio
as mãos se alcançam
tudo sem nenhum calvário
no ar um perfume de mudança
colore os novos galhos
momento ideal para esquecer
das tantas tempestades
dos raios e rancores
tolas rivalidades
dos eternos desamores

e quando chega novembro
aquele vento sem jeito
esparrama ilusões
vai, e parte sem medo
busca em outras canções
a sina de ser segredo
e viver só por paixões.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog

Visitantes