6 de agosto de 2015

Para viver...


Para viver

Lá fora, o dia é cinza e frio
as árvores balançam forte
o vento gelado cobre a cidade
dizem que vem do norte

eu apenas observo
trancada em minha cela
os estragos que vem fazendo
esse senhor das guerras

oh, por favor, chegue Primavera
eu preciso de sol, poesia e amor
para viver nessa terra.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário