3 de junho de 2015

Teu rito, meu guia

.
Eu tento alcançá-las
mãos esticadas
estrelas prateadas
preciso tê-las
bem perto, guardadas
ao longe, céu nublado
mostra o cinza chumbo
nuvens espalhadas
tingem o infinito
meus cabelos vermelhos
dourados, encaixados
meus braços abertos
meu olhar que comove
teu rito, meu guia
tudo na mais santa
alegria...

sou assim
caçadora de estrelas
longe de ser querubim...

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário