25 de junho de 2015

Sobre paz...

"Quem não faz parte do meu mundo
não tem poder sobre mim
não me machuca, não fere...
                          não existe... e fim."

Descobri que na vida
a gente só sofre
se der poder
a quem não se comove
desdenha sentimentos
não sabe ser gentil

Quando se mima demais
pessoas inacabadas
acontece as tais falhas
abismos de mágoas
cortes profundos
e tudo virá uma nódoa
manchas escuras
que não saem das almas

Quando se quer o bem
daí tudo faz sentido
perdoa-se os delírios
de seres perdidos
que andam a esmo
com suas navalhas
marcando a todos
por egos, pirraças

Descobri que a paz
essa vem de dentro
que um sorriso doce
é certo, não tem preço
que amar não é breve
e ser feliz é o começo.

Dhênova

Nenhum comentário:

Postar um comentário