.

Dos rios que não cruzei... não sei!

29 de junho de 2015

A Lua e Eu


A LUA E EU

Busco-te no parque
espalhado em raios e folhas
no azul prateado
em cada ponta
teu rosto em cada tronco

A luz da lua derrama-se
pelo caminho
trilha por entre a mata
cuja linha de chegada
é a água

Lago que reflete a musa
radiante e sedutora
que induz versos
assim tão à toa

e permite que a madrugada
enfim, me engula...
talvez como marzipã
ou nega-maluca.

Dhênova
20/6/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog