23 de outubro de 2014

Ah, essa saudade

Ah, essa saudade

Ah, essa minha saudade
que tem cheiro, tem cor
vem repleta de verdade
e ainda assim causa dor

Ah, essa minha agonia
sensação que dói no peito
que traz junto a sinfonia
de uma paixão sem direito

Ah, emoção que não tem jeito
nota grave da canção
luz nas trevas sem efeito

Ah, essa solidão é companheira
levo nos olhos a ilusão
sentimento de uma vida inteira

Dhenova

7 de outubro de 2014

Eu prometo

"não vou falar mais nada
eu prometo..."


Eu prometo


Não vou falar da tua loucura
eu prometo
não vou falar da tua lua
nem do arremesso

não vou falar da tua paixão
por espinafre, sensação
de canção ao avesso
nem tampouco do azul da tua mão
ah, eu prometo

Não vou falar do ser de cura
da tua candura, do calor
de toda essa suavidade
da nossa verdade
tampouco da tua bondade
não vou falar do ardor...

Não vou falar do teu sorriso
das portas abertas
não vou falar da vida,
das descobertas
nem tampouco das idas
nem de insanas promessas

Não vou falar do mistério do teu olhar
ilusão e quimera no mesmo lugar
não vou falar da tua presença
foto em branco e preto
nem da alma apaixonada

não vou falar mais nada
eu prometo

Dhenova