25 de setembro de 2013

Teu direito

Teu direito


Tu, que tens meus olhos
meu abraço e beijo
tu que me tens no espelho
e me acorda com um gracejo

toda manhã...

tu, que me cobres de flores
assinas com letra bem firme
gentis são teus vocábulos fortes
no cartão de mais um destino

toda noite...

tu, que tens minhas mãos
preservas no toque suave
o carinho e a emoção
as tuas são de tanta coragem

toda madrugada...

tu que me enlaças sem medo
trazes contigo somente alegria

bem sabemos, eu e tu, todo dia

meu compromisso é com a música
teu é o direito de ser poesia!

Dhenova

2 comentários:

  1. Minha amiga!
    Simplesmente magnífico assim é esse poema.
    Tu que nos encantas com linds poemas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Grata demais, amigo querido, pela tua leitura e por tanto carinho!

    Grande abraço

    ResponderExcluir

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog

Visitantes