.

Dos rios que não cruzei... não sei!

15 de maio de 2013

Sussurros ao ouvido


Sussurros ao ouvido


Será que
sussurrar ao ouvido
palavras bobas, sem nexo
mas cheias de tesão
é tão absurda
quanto à história
dos dois e dois
e três...
sei lá qual o certo?
Pensando bem,
sou refém.
Não protesto.

Será que
sussurrar ao ouvido
uma eterna cantiga
e deixar que o coração se perca
no fulgor da mão amiga
ainda que amanheça
fora de hora
e que no momento de ir embora
digas 'tudo bem'
'até a semana que vem'?

Mas com voz insegura
vou murmurar ao ouvido
que sem tua emoção não vivo
e te agradecer
por estar recebendo tanto
deste meigo clichê...

E então
vais deixar que permaneça
só o sentimento mais puro
afinal, antes de tudo
somos amigos
e paixão entre amigos
não tem futuro.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog