26 de maio de 2013

Emanuel















(para o querido poeta lusófono Emanuel Lomelino)

E manuel é assim
M etamorfose em letras
A utêntico até o fim
N áufrago de um cometa
U m ser em carmim
E rudito poeta
L omelino enfim.

Dhenova

http://amadordoverso.blogspot.com.br/

2 comentários:

  1. Andrea!
    Ó para mim babado por chegar aqui e ver este mimo. Obrigado pelo carinho.
    Beijo Luso

    ResponderExcluir
  2. Emanuel,

    És merecedor de todos os mimos. Pessoas iguais a ti são poucas. Sou uma privilegiada em te ter como amigo!

    Beijoca gaúcha

    ResponderExcluir