Faço versos com o vento, areia do deserto; minha densidade eu mesma aguento, não sou sexo frágil; imaturidade não concebo, indiscutível é o intento, todavia, quando a maré é alta, o poema sai aos avessos, meio sem forma, mas no conteúdo, ah, ele arrasa e não deforma.

9 de março de 2013

Jogo de Xadrez


Jogo de Xadrez


A tua torre
atacou a minha fortaleza
enfraqueceu as defesas

Os peões perderam-se
nos valos
fugiram pela mata
buscaram refúgio

O cavalo deu o pinote
quis o galope
a ventania

Meu rei fazia tempo
abandonara o posto
perdido em pensamentos

E tua rainha
ficou lá sentada
nada fez pra te deter

Se fosse eu
te matava (como fiz)
de beijos
até o amanhecer.

Dhenova
agosto/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário