27 de fevereiro de 2013

Barcos em Gris de Payne


Barcos em Gris de Payne

Os barcos brilham na noite azulada, brilham à luz da lua, redonda, enorme figura que está desenhada num céu sem estrelas... não que elas não estejam ali, estão sim, apenas escondidas pela neblina, ou talvez sejam apenas as lágrimas que turvam minha visão... sei também que, em breve, elas terminarão... não, não as estrelas, as lágrimas serão secas, talvez por um abraço apertado, um beijo que espante a solidão, um carinho sincero, um 'eu te venero'... coisas assim... mas os barcos, eles ainda brilham na noite de lua cheia e há um farol que ilumina o caminho... e embora a noite pareça um quadro triste, no fundo é apenas isso: um quadro pintado com tinta à oleo, com muito gris de payne como fundo... é só a vida que continua seu curso.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário