28 de fevereiro de 2013

Amanhecer bucólico


Amanhecer bucólico

Vi o sol nascer tímido
por entre nuvens cinzentas
descobri que o amor é só uma lenda

vi o quadro pintado
por um pintor em agonia
senti que a paixão é só ladainha

vi o verde gravado
por um traço tão torto
entendi que a vida é um esboço

vi o rio desenhado
por mãos livres e tímidas
compreendi que a dor é fantasia

num amanhecer bucólico
encontrei a paz almejada
percebi que a ida estava marcada.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário