20 de janeiro de 2013

X


X


Escuto cada passo
sinto nos ouvidos
frenéticas batidas
como som de cascos
a gosma abraça a cintura
o trote lento e certo
nos olhos o vermelho
respiração ruidosa
ensaiado sorriso
verde absoluto
delírio?

Boca muda
silêncio que irrita
consome, agita
o melhor guia

silêncio feito de sal
e agonia.


Dhenova
(Meus silêncios verdes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário