.

Da fêmea que sou, ah, eu sei...

7 de dezembro de 2012

Parceria Poética


Parceria Poética

Quero a paz de um segundo
entre a respiração e a batida
quero a alquimia do dia
quero a doçura, a calmaria

quero o instante breve
dado no abraço marcado
quero os olhos fechados
como se nunca houvesse o fim

Quero esquecer da nobreza
da mulher apática, sem sentimentos
quero o ato de grande beleza
a pureza dos pensamentos

Quero apostar na certeza
da viagem mais singela
quero abarcar a riqueza
e ter o beijo mais terno

Quero acreditar na alegria
quero o amor sincero, a poesia
Ler nas folhas do destino
a mais apaixonada parceria da vida.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog