.

Dos rios que não cruzei... não sei!

30 de dezembro de 2012

Dentro do Invólucro


Dentro do invólucro

Palavras ditas são tantas
em suaves colóquios
como doce de pera
dentro do invólucro
podem ser tantos gritos
diálogos armados
ideias abatidas
num telhado de vidro

as não ditas
dizem nada
são da 'pá virada'
e não adianta
nenhuma jogada
são as trapalhadas
roubadas dos atores
nesta vida indigna

estes que amam poesia.


Dhenova
17/05/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog