13 de setembro de 2012

Em Turbilhão


Em turbilhão


Estendo as mãos
pressinto o perigo
águas em turbilhão
procuro o abrigo

colo seguro
alívio das dores
quebra do muro
perfume de flores

abraço apertado
céu de tempestade
sentimento sagrado
emoção e vontade


Dhenova
22/2/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog

Visitantes