4 de setembro de 2012

Carta Aberta


CARTA ABERTA

C erteza eu tenho
A gora da despedida
R esgate infindo
T razido na madrugada
A parece pra vida

A deus, eu digo
B eijo o destino
E nquanto me afasto
R efaço o caminho
T odos abraços
A lém, serão dados.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog

Visitantes