26 de setembro de 2012

A Revoada


A Revoada

Voe sempre em frente
pássaro amarelo
busque no tempo
o bem mais secreto
esqueça do passado
de tantos fardos
voe sempre em frente
pássaro ausente

voe muito ao redor
pássaro azul
com as grandes asas
risque o céu em u
esqueça o traço
seja menos apegado
voe muito ao redor
pássaro de nós

voe de forma constante
pássaro preto
desenhe a trilha
no ar, mesmo que fria
queira a breve vida
voe de forma constante
pássaro mutante

Num voo único
a revoada
de pássaros únicos
libertos na mata.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário