15 de agosto de 2012

Outro dom


OUTRO DOM

Hoje eu vejo o mundo diferente
hoje pressinto outro dom
hoje o azul torna-se cinza
perde a matiz, o brilho, o tom

Mas é que hoje
eu vejo o doce colorido
perder a cor, tornar-se azul escuro
gris, negrito...
Hoje eu ainda leio o poema mais belo
e tão singelo
e também o vejo aprendiz
em preto e branco, infeliz

Hoje eu prefiro o rosa
e ter ali a poesia pintada
hoje eu sou mais prosa
menos agonia, página virada,
sem nostalgia.

Hoje eu tenho outro dom.

Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário