14 de agosto de 2012

Amanheço verdade


Amanheço verdade

Vejo o nascimento do sol
deitada na areia da praia
coração em arrebol
sentimento que não falha

sei das fagulhas adiante
das queimaduras
um perigo constante
não me importa a cena crua

o calor vem com a brisa
no sorriso de felicidade
não ouço mais mentiras
do meu íntimo só verdade.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário