.

Da fêmea que sou, ah, eu sei...

17 de janeiro de 2012

Pastos Verdejantes



Pastos Verdejantes


Ao encontro da vida
corria a menina
de calças compridas
sorriso de sol
pelos pastos verdejantes


ao encontro da lida
corria a moça
cabelos ao vento
sorriso de brisa
pelos pastos alaranjados


ao encontro da ida
caminhava a mulher 
de calças compridas
e chapéu de palha
em pastos acinzentados


ao encontro da poesia
foi finalmente a senhora
num jardim de margaridas
deitou sua rasa cova
em meio a pastos verdejantes.


Dhenova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog