.

Da fêmea que sou, ah, eu sei...

12 de dezembro de 2011

Jogo sem vencedor

Jogo sem vencedor

Não há gritos de vitória
quem perde são inocentes
não há qualquer tipo de glória
quando a guerra é iminente

Não há mais nenhum céu
nem azul, nem ametista
apenas estrelas de papel
conquistando um novo dia

Não, não há ganhadores
quando a luta é por ego
pisoteadas são as flores
massacradas por um cego

Não há qualquer satisfação
em ganhar o jogo, nem alegria
não há também mais ilusão
quando se acaba a poesia.

Dhenova


Meu novo blog:  http://a-yunes.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem me acompanha...

Pesquisar este blog