Páginas

27 de março de 2011

A luz dos teus olhos…

A luz dos teus olhos

Não entendi o recado
tua face virada
fiquei assustado
até mesmo sem graça

não entendi o teu jeito
o porquê de tanta raiva
deve ser meu desejo
que te deixou assim brava

não entendi a rispidez
dedo em riste, ato gelado
logo quando era minha vez
fiquei um tanto chocado

não entendi tua postura
necessito da luz dos teus olhos
pensei em ti com tanta ternura
e agora fiquei sem respaldo.

Dhênova

26 de março de 2011

Autópsia

Autópsia

Fiz o rasgo enorme
com bisturi
da cabeça ao ventre
e nem senti

Abri mais e mais
expus os ossos
só então vi os sinais
nos órgãos todos

rastro vermelho
sangue escuro
vi no espelho
parco futuro

apenas ele, coração
batia lentamente
ainda cheio de tesão
por aquele amor demente.

Dhênova

25 de março de 2011

E se eu fosse lua

.

E SE EU FOSSE LUA...

Se eu fosse a lua
encontraria o quarto
iluminaria a face
do meu amado
se eu fosse lua

Se eu fosse a lua
esperaria o momento
e surgiria do nada
exato instante
que o poeta escreve
caneta em punho
respiração lenta
emoção breve
se eu fosse lua

Se eu fosse a lua
deixaria a marca
na testa desenhada
se eu fosse a lua
daria o céu a quem amo
e despida, nua
mergulharia no amor
disposta a qualquer loucura

ah, se eu fosse lua...

Dhênova

Visitantes